O Burrinho, o BMW e Luiz Gonzaga.

Por Renato Vargens

Já não é a primeira vez que ouço a afirmação por parte dos teólogos da prosperidade que  o burrinho que Jesus usou ao entrar em Jerusalém, corresponde em nossos dias a uma BMW. 

Pois é,  complicada essa teologia da prosperidade não é verdade?  Definitivamente os princípios teológicos  que fundamentam a práxis doutrinária deste povo não está na Bíblia e sim nos achismos provenientes daqueles que desconhecem as Escrituras Sagradas. Alias, sou tentado a acreditar que a "burrificação" da teologia seja responsabilidade direta do grande Luiz Gonzaga, que ao compor a canção " Estrada do Canindé" disse: 

" Ai, ai, que bom, que bom, que bom que é, uma estrada e uma cabocla Cum a gente andando a pé, Ai, ai, que bom que bom, que bom que é uma estrada e a lua branca no sertão de Canindé, artomove lá nem sabe se é home ou se é muié, quem é rico anda em burrico quem é pobre anda a pé, mas o pobre vê nas estrada o orvaio beijando as flô, vê de perto o galo campina, que quando canta muda de cor, vai moiando os pés no riacho, que água fresca, nosso Senhor, vai oiando coisa a grané, coisas qui, pra mode vê o cristão tem que andá a pé." 

Pois é cara pálida, como bem disse o rei da baião, quem é pobre anda a pé, quem é rico anda em burrico.


Deus tenha misericórdia do seu povo!


Renato Vargens

8 comentários

  1. Eu avisei... eis que surge a teologia do gonzagão! com direito a burro, bmw, forró, e novamente os "valadão's"... oh god!

    ResponderExcluir
  2. Tanta gente para imitar na Bíblia e esse povo da Teologia da Prosperidade resolve imitar logo Simeão, o mago!!!

    Dons espirituais por dinheiro, milagres por influencia - isso é evangelho ou mitologia grega (toque de Midas)?

    ResponderExcluir
  3. Graça e paz Pr. Renato

    Você já percebeu que, hoje em dia, até mesmo em uma conversa entre crentes é comum a afirmação de insanidades, com aquele ar de espiritualidade? Particularmente cremos que o que falta não é alimento, mas alimento sólido, por isso estamos orando neste tempo, um #TempodeOração por missões.

    #TempodeOração é o projeto que tem por objetivo mobilizar o máximo de irmãos em clamor incessante por missões. Através do twitter (@FogoparaMissoes) começamos a divulgar este movimento, um movimento de ORAÇÃO, JEJUM e PALAVRA.

    Muitos irmãos entraram neste tempo de clamor conosco, inclusive compartilhando em suas igrejas o Calendário de Oração, tornando este clamor ainda maior.

    Se considerar interessante, esteja conosco neste clamor. No BlogFpM você pode saber mais sobre o projeto e também copiar o selo do projeto e divulgar entre seus leitores.

    Costumo dizer: "Antes de fazer o extravagante, façamos o basicão: oração, jejum e Palavra". Em Cristo, que nos salvou graciosamente na cruz, graça e paz!

    Edinelson F. Lopes
    Ministério Fogo para Missões
    @FogoparaMissoesBlogFpMFaceBook

    O Ministério Fogo para Missões tem o objetivo de servir igrejas locais na realização de missões, hoje estamos olhando e orando pela região do Vale do Ribeira, este é nosso chamado, qual é o seu? Não espere mais, clame ao SENHOR e seja a benção pela qual o mundo tanto geme! (Romanos 8:19)

    ResponderExcluir
  4. Pr, Renato, excelente artigo. Me permita apenas acrescentar que, ao contrário do que os burricos da prosperidade ensinam, o burrinho não era a BMW da época, e sim a CARRUAGEM. Os ricos andavam de carruagem (At 8:28-30), ao passo que a entrada do Senhor em Jerusalém no lombo de um animal tão simplório demonstra exatamente a sua pobreza, como disse o profeta: "Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador, POBRE, e montado sobre um jumento, sobre um asninho, filho de jumenta (Zc 9:9 - grifo meu).

    ResponderExcluir
  5. Muito belo os termos de uso para a postagem de comentários, porém pelo jeito são inválidos para o próprio autor não é? Infelizmente tenho como escrota estas publicações difamatórias infundamentais do Pr Renato Vargen... Ao modo que ataca covardemente ao Ministério Diante do Trono e a Igreja Batista da Lagoinha os mesmos estão fazendo campanhas de arrecadações para as vítimas das enchentes do Rio de Janeiro e de MG... Seria isto um tiquin de inveja?

    ResponderExcluir
  6. É isso aí Pr Renato!

    Em tempo, não troco Luiz Gonzaga por 97,8% de todos os "Músicos Góspil" que rodam por esse Mundão.

    #########

    FICA MAL COM DEUS
    Luíz Gonzaga

    Fica mal com Deus
    Quem não sabe dar
    Fica mal com Deus
    Quem não sabe amar
    Pelo meu caminho vou

    Vou como quem vai chegar
    Quem quiser comigo ir
    Tem que vir de amor
    Tem que ter pra dar

    Vida que não tem valor
    Homem que não sabe dar
    Deus que se descuide dele
    Que o jeito a gente ajeita
    Dele se acabar

    ResponderExcluir
  7. Os "ungidos" de Gezuis sonhando com BMW, e eu não tenho dinheiro para comprar nem mesmo um Fusca. Fala sério!!!!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Caro leitor,

(1)Reservo o direito de não públicar criticas negativas de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada? Identifique-se. (2) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com educação. Sem palavrão! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, a única coisa que não aceitarei é esta doutrina barata do “não toque no ungido” do Senhor. Querendo aprender sobre o direito de julgar, leia estes artigos:

Não julgueis para que não sejais julgados. Como é isso?

Julgando os críticos ou criticando os juízes?

O conselho de Gamaliel e o pensamento Cristão

Nele,

Renato Vargens